O que constitui a Marcação CE e a implementação da norma EN 1090-1 nas Estruturas de Metal?

Legislação Comunidade Europeia

O Regulamento de Produtos de Construção (Regulamento (UE) Nº305/2011) na União Europeia define seis princípios para os materiais que estão a ser usadas em engenharia civil:
1. Resistência Mecânica e estabilidade;
2. Segurança em caso de incêndio;
3. Higiene, saúde e meio ambiente;
4. Segurança na utilização;
5. Proteção contra o ruído;
6. Economia de Energia e retenção de calor.

Desde 01 de julho de 2014 passou a ser obrigatória a Marcação CE de Estruturas Metálicas de Aço e Alumínio, de acordo com a norma EN 1090-1, para efeitos de comercialização no mercado da união europeia.
A EN 1090 constitui um manual de boas práticas, abrangendo toda a cadeia de fornecimento da estrutura:
. Organização do projeto e/ou especificações de fabrico;
. Aspetos construtivos e respetivos processos tecnológicos;
. Plano de inspeção e ensaio.
Como tal, os fabricantes das referidas estruturas deverão implementar um Controlo de Produção em Fábrica (CPF) que inclui a obrigatoriedade da qualificação dos procedimentos de soldadura e dos soldadores e da qualificação dos processos de corte térmico, furação e tratamentos térmicos e superficiais. O CPF deverá ser certificado por um organismo notificado.

Nesta matéria, a QTEC assume-se como um forte aliado dos fabricantes de estruturas metálicas, disponibilizando os seguintes serviços no âmbito de cumprimento normativo EN 1090:
. Consultoria para a implementação do CPF (Controlo de Produção em Fábrica) e da Norma ISO 3834 (Garantia da qualidade em operações de soldadura);
. Qualificação de soldadores;
. Qualificação de procedimentos de soldadura;
. Coordenação de soldadura;
. Ensaios não destrutivos;
. Supervisão e Controlo dos Planos de Inspeção e Ensaio.
A esta coletânea de serviços, está inerente um profundo conhecimento da indústria metalomecânica e uma equipa técnica devidamente qualificada.

A Certificação do CPF será posteriormente garantida pelo organismo notificado da TÜV Áustria, grupo internacional do qual a Qtec – Qualynspect faz parte.



Quem é obrigado a cumprir a norma EN 1090?

. Todas as empresas que fabricam estruturas em aço e alumínio;
. Importadores de estruturas metálicas diversas;
. Todos os stakeholders inerentes a fabricação deste tipo de estruturas e componentes metálicas.



Principais Benefícios do Controlo de Produção em Fábrica:
Os principais benefícios da implementação segundo o referencial normativo EN 1090 são os seguintes:
. Adquirir maturidade organizacional, satisfazendo todas as obrigações legais implícitas;
. Gerir eficazmente todas as questões relativas a não conformidades, para que possa comercializar com qualidade as estruturas de alumínio e de aço;
. Capacidade de resposta a projetos Internacionais enquadradas neste âmbito.

QTEC - Qualynspect, Lda. | Rua da Lionesa, N.º 446, Ed. G17 | 4465-671 Leça do Balio – Portugal | Tel: 22 902 89 02 | Fax: 22 902 89 03 | email: geral@qtec.pt

website desenvolvido pela hojenet.lda